Ao elaborar seu questionário de pesquisa, é possível aplicar recursos de lógica para controlar o comportamento do seu questionário e aprimorar a qualidade dos dados a serem coletados.

Vale a pena pensarmos na Lógica como uma funcionalidade que possibilita direcionar o seu respondente entre questões, de acordo com as respostas fornecidas nas questões anteriores.

Por que usar lógica de questionário

A lógica pode ser utilizada para criar dois ou mais caminhos de pesquisa personalizados para o seu respondente. Por exemplo, quando enviamos um questionário sobre maternidade para nossa base de dados, a MindMiners buscava entender não somente qual era o perfil demográfico e comportamental das mulheres que já são mães, mas, sim, entender se existem diferentes motivações e comportamentos entre as mulheres que já são mães e as que não tem interesse em ter filhos no futuro. Mesmo ambos os públicos sendo mulheres da nossa base MeSeems, as perguntas precisavam ser diferentes.

Resumindo: utilizar lógica permite ter “mais de uma” resposta dentro de um único envio de pesquisa. No exemplo do nosso estudo sobre maternidade, conseguimos analisar e entender dois públicos diferentes, sobre o mesmo tópico. Caso não usássemos lógica, seria necessário ter um questionário somente para mães e outro para quem não é/deseja ser mãe.

Tipos de lógica disponíveis na Miners Compass

Em Editor de Lógica, você poderá aplicar os recursos de lógica Pulo ou Exibição para controlar o comportamento de sua pesquisa.

Pulo: permite que um respondente pule uma ou mais perguntas de acordo com a resposta dele em uma determinada questão.

Exibição: permite que uma questão ou alternativa apareça somente para os respondentes que marcaram uma ou mais alternativas em determinadas questões anteriores. É possível também utilizar argumentos como E, OU, E SE e OU SE para criar lógicas de exibição mais complexas.

Encontrou sua resposta?